4ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental abre inscrições

ecofalanteEstão abertas até o dia 1º de outubro as inscrições para a Competição Latino-Americana da 4ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental. Podem se inscrever filmes com temáticas ambientais tais como: energia, água, mudanças climáticas, consumo, povos e lugares, ativismo ambiental, resíduos sólidos, contaminação ou poluição, sustentabilidade, entre outras. As produções devem ter sido finalizadas a partir de 2013 e não há restrições quanto a gênero, duração ou suporte de captação/finalização.

Os prêmios para os filmes selecionados vão de R$ 3 mil a R$ 15 mil, nas categorias: melhor longa-metragem escolhido pelo júri, melhor curta-metragem escolhido júri e melhor filme eleito pelo público. Para se inscrever, os participantes devem enviar à organização do festival ficha de inscrição e uma cópia do filme. O material pode ser enviado através do site www.ecofalante.org.br ou pelos correios.

Em 2014 foram selecionados para a Competição Latino-Americana obras da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Equador, México, Peru e Uruguai. Foi eleito como melhor filme o argentino “Deserto Verde”, de Ulises de la Orden, sobre o uso de produtos químicos na produção agrícola. Mereceu menção honrosa o curta-metragem “Paal” (México/Canadá/ Suíça), de Christoph Müller e Victor Vargas Villafuerte. O prêmio do público ficou para o longa-metragem brasileiro “Amazônia Desconhecida”, de Daniel Augusto e Eduardo Rajabally, sobre conflitos na região amazônica.

Agendada para o período de 19 a 25 de março de 2015 em diversas salas de São Paulo, a programação da 4ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental conta também com a Mostra Contemporânea Internacional, seção não-competitiva que apresenta os destaques da mais recente safra, incluindo títulos exibidos nos principais festivais de cinema e documentário do mundo. O evento traz ainda retrospectivas, homenagens e a Mostra Escola, além de promover o Circuito Universitário.

O evento tem por objetivo contribuir para a difusão de importantes e premiadas obras cinematográficas raras ao público brasileiro e promover discussões ambientais que envolvem a totalidade de nossa sociedade. O festival é organizado pela Ecofalante, uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo a educação para o desenvolvimento sustentável.

Publicado em Notícias