Balada inacessível – por Helô Rocha

Balada inacessível – por Helô Rocha*

 Nesse último sábado, 18 de outubro, aproveitei para pegar uma ‘baladinha’. O destino da noite foi a casa de show Akbar Lounge & Disco, localizado em Pinheiros.
O Akbar Longe & Disco foi inaugurado no mês de setembro de 2007. Instalado num antigo casarão, o Akbar ocupou o espaço do extinto Salamandra. Lá três ambientes foram divididos em dois andares; no piso superior há um pub (ambiente informal e descontraído) e um lounge (espaço de descontração nos anos 60) na área externa, com teto solar, o ambiente é arborizado e despretensiosamente decorado com telão, sofás e até mesmo rede de praia. A pista de dança está localizada no piso inferior e também conta com um bar bem servido.

 

 Acesso para a pista de dança no local –
apenas através de escada

Infelizmente, o local não atendeu minhas expectativas em relação à acessibilidade. Para entrar na boate é necessário subir dois lances de escada. E depois disso, os dois ambientes que dividem o local é ligado por uma escada. Ou seja, o deficiente físico não pode ter a opção de ir e vir a qualquer hora para os dois ambientes. Além disso, os cardápios não foram feitos em braille. Isso dificulta a escolha do deficiente visual que for até lá.

Em conversa com uma garçonete, muito solícita por sinal, ela confessou que duas pessoas com deficiência tinham estado no local na noite anterior e haviam reclamado dessas falhas. Ela me pediu desculpas por isso e afirmou que o gerente já sabia dessa questão e que já estava estudando as possibilidades de mudança e adequação.

 

*Helô Rocha é jornalista. Atualmente reside em São Paulo, é portadora de Osteogênese Imperfeita, membro da Ong ISocial e correspondente do Portal Inclusão Social.

Publicado em Notícias