Campanha ´Não Dê Esmola, Dê Cidadania´ ganha fôlego em Aracaju

Campanha ´Não Dê Esmola, Dê Cidadania´ ganha fôlego em Aracaju

 Com o objetivo de sensibilizar a sociedade que o gesto de dar esmolas só contribui para a permanência de crianças e adolescentes nas ruas e os expõe a situação de risco pessoal e social, o Conselho Municipal do Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), em parceria com a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), está realizando a campanha ‘Não Dê Esmola: Dê Cidadania’.

Além de promover a conscientização a cerca do ato de dar esmolas, a campanha também visa incentivar a contribuição de pessoas físicas e jurídicas a investirem, através do Imposto de Renda, no Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA), que com a quantia arrecadada possibilita a realização de projetos sociais executados pela PMA e por Organizações Não Governamentais que trabalham em defesa de crianças e de adolescentes na capital sergipana.

Os contribuintes do Imposto de Renda também recebem benefícios quando aplicam recursos no FMDCA. Pessoas jurídicas são beneficiadas com descontos de até 6%, enquanto pessoas jurídicas têm descontos de até 1% do IR. Ações como rondas sociais e abordagens são realizadas para fomentar ainda mais a campanha. Na última terça-feira, mais uma ação foi realizada, desta vez com a afixação de cartazes nas lojas do Centro da cidade. Na ocasião, os comerciantes demonstraram um envolvimento positivo ao aderirem à campanha.

O gerente de uma loja de confecções do Centro da cidade, Elisson dos Santos Costa, ressaltou a importância da campanha para a dimuição da violência. "Para nós lojistas, esta campanha só trás benefícios. Além de contribuir para que essas crianças voltem às suas casas e para escola, também ajuda a retirá-las dos perigos das drogas e da marginalidade,", explicou o gerente.

Outro gerente de uma loja de variedades, também localizada no Centro, André Sobral, revelou pontos positivos da ação. "Para quem trabalha no comércio essa campanha é de suma importância. Nós entendemos que crianças e adolescentes nas ruas estão sendo privados de seus direitos e expostos a riscos. Eu acredito que se cada um fizer sua parte, essa situação pode ser revertida. Por isso, a prefeitura está de parabéns", ressaltou.

Aprovação 

A população também aplaudiu a iniciativa. "É muito importante essa ação da prefeitura e de seus parceiros, visto que nessa época do ano a população fica ainda mais dócil ao gesto de dar esmola e, ao invés de ajudar, prejudica fazendo com que esses meninos deixem de estar na escola para estar pedindo nas ruas. Isso faz com que eu acredite na importância da campanha", pontuou a estudante Amanda Silveira Lessa, 24 anos.

O educador social integrante da equipe, Ítalo Anselmo Santos, destacou a importância de os comerciantes estarem aderindo à iniciativa. "O envolvimento por parte dos comerciantes ainda é um pouco tímido. Muitos ainda não conhecem a fundo a campanha, porém quando nós os abordamos e explicamos os benefícios, muitos aderem, porque eles entendem que não existe vantagem nenhuma no gesto de dar esmolas. Desta forma eles contribuem positivamente, permitindo que nós coloquemos cartazes da campanha na fachada das lojas", observou.     

Confira o número das respectivas contas correntes:

– Banese
Agência: 011 / Conta Corrente: 300.046-5

– Banco do Brasil
Agência: 3611-0 / Conta Corrente: 99864-8

– Caixa Econômica Federal
Agência: 059 / Conta Corrente: 20-6 / Operação 006

Fonte: PMA

Publicado em Notícias