Documentário sobre Irmã Dorothy estréia em março no Brasil

 Documentário sobre Irmã Dorothy estréia em março no Brasil

Um documentário sobre o assassinato da freira católica norte-americana Dorothy Stang na Amazônia, quatro anos atrás, renovou a esperança de seu irmão de que os suspeitos mandantes de sua morte sejam finalmente condenados. Irmã Dorothy foi morta em 2005, aos 73 anos, depois de passar anos ajudando os pobres na região amazônica brasileira a defender a floresta e seus direitos, ameaçados por fazendeiros poderosos. Três pessoas estão presas pelo crime, sendo duas delas pistoleiros.

Ex-missionário católico na África e hoje residente no Colorado, David Stang visita o Brasil com freqüência para buscar justiça para sua irmã, que nasceu em Ohio e se naturalizou brasileira. Ele disse que o filme – que foi um dos candidatos escolhidos para a disputa do Oscar, mas não chegou a ser indicado – é uma homenagem poderosa à sua irmã e também uma crítica contundente à justiça no Brasil. O documentário está previsto para estrear no Brasil em março – mas já foi exibido em alguns eventos no país, incluindo o Fórum Social Mundial.

Publicado em Notícias