E, com vocês… Lateiros curupira!

  

 Foto: Infonet

E com vocês…Lateiros Curupira!

Dez dias e 700 artistas em 12 palcos simultâneos. Este será o 40º Heripage Jazz Fest, na cidade de New Orleans, nos EUA. Nele, quatro alunos do grupo musical Lateiros Curupira representarão a música de Sergipe. A garotada embarcou no domingo (19) e dividirá o palco amanhã, sábado, com os músicos sergipanos Antônio Rogério e Chiko Queiroga.

O Lateiros Curupira chama a atenção de todos que os escutam em seus ensaios e apresentações pela maneira como adaptam materiais recicláveis, como baldes, latas e panelas transformando-os em instrumentos sonoros. Desse material inusitado, aliado à base das músicas e das tradições folclóricas nordestinas, o grupo encanta em cada canto por onde passa. E já dizia o Mestre Sivuca que "de tudo podemos tirar um belo som".

Cultura sergipana para exportação

O percussionista e diretor do Lateiros Curupira, Gladston Batista, mais conhecido como Ton Toy, disse que o convite surgiu após a empresa de produção Ecos Latino apresentar filmagens do grupo aos diretores do evento. “Eles fazem uma triagem e convidam músicos de toda a parte do mundo”, explica Ton Toy. Mas, como nem só de música vive a cultura, e muito menos a sergipana, que é tão rica em costumes, no Festival também estarão presentes algumas manifestações folclóricas como a Chegança, o Cacumbi, a Batucada e o Samba de Pareia.

Além das apresentações no Festival, o grupo também tocará em igrejas e escolas públicas norte americanas. E mais: os representantes do Lateiros ficarão 11 dias hospedados nos EUA, terão a oportunidade de ouvir ao vivo os melhores nomes do Jazz e irão participar de workshops. O que nós, aqui em terras de cajueiros e papagaios, esperamos é que essa estadia sirva de mais inspiração para o talento dos garotos.

Os músicos Antônio Rogério e Chico Queiroga já são veteranos no evento. Participam pela 5ª vez daquele que é tido como o maior e mais importante Festival de Jazz do mundo. “Estaremos participando de um evento que terá a presença dos grandes nomes da música. Iremos nos apresentar juntamente com os Lateiros, mas eles terão seu momento solo”, ressalta Antônio Rogério.

E quem são os Lateiros Curupira?

O Lateiros Curupira foi formado em 2005 por adolescentes que participavam da oficina de percussão desenvolvida pelo Instituto Recriando. A oficina é parte do Projeto `Recriando Caminhos´, financiado pela Petrobrás, Governo de Sergipe e Prefeitura de Aracaju. O grupo atende meninos de baixa renda nas comunidades de Cidade Nova, Alto da Jaqueira, Japãozinho e Jetimana. Atualmente, é composto por 38 adolescentes com idades entre 12 e 20 anos.

Segundo o Instituto Recriando, o objetivo da oficina de percussão não é a “profissionalização artística e sim o uso da música como um meio para despertar a atenção de crianças e adolescentes em relação à riqueza cultural de Sergipe”. Mas, como a arte tem vida própria e transforma a vida das pessoas, o grupo, pela qualidade do trabalho desenvolvido, vem tendo uma demanda cada vez maior de apresentações. Saem, enfim, do exercício e torna-se inevitável uma profissionalização.

Lado triste…mas nem tanto

Dos 38 alunos, somente quatro poderão estar presentes no evento. Não apenas por falta de patrocínio, mas também porque, segundo Ton Toy, “os critérios adotados foram: ter 16 anos ou mais, técnica e comportamento”. Como parte da garotada com mais de 16 anos está afastada do grupo fazendo cursos profissionalizantes e participando de outros projetos, restaram alguns poucos que atendiam completamente aos critérios exigidos.

“Imagine o reflexo que terá para estes garotos, na auto estima deles, o grau de legado que servirá como estimulo para os demais e para uma futura profissão”, ressalta Antônio Rogério. Agora o que nos resta é esperar a volta dessa turma de talento e, para quem ainda não conhece, não perde por esperar para conferir a performance do grupo. E, com vocês… Lateiros Curupira!

Por Elaine Mesoli
Estudante de jornalismo pela UFS
e voluntária na ONG ISocial

 

Publicado em Notícias