Inscrições para a 9ª edição do Prêmio Empreendedor Social seguem até 21 de abril

empreendedorSeguem até 21 de abril as inscrições para a 9ª edição do Prêmio Empreendedor Social, realizado pela Folha de S.Paulo em parceria com a Fundação Schwab — correalizadora do Fórum Econômico Mundial de Davos —, e para a 5ª edição do Prêmio Folha Empreendedor Social de Futuro.

As premiações revelam líderes de projetos socioambientais de todo o país à frente de iniciativas inovadoras para benefício direto de pessoas em situação de risco social e/ou ambiental, sejam eles consolidados ou em início de carreira. No site folha.com.br/empreendedorsocial, encontram-se formulário de inscrição, regulamentos e informações úteis.

Empreendedor Social

Essa premiação é reconhecida como principal concurso de empreendedorismo socioambiental da América Latina, porque chancela e dá visibilidade a mentores de cooperativas, negócios sociais e organizações da sociedade civil. O candidato deve atuar há pelo menos três anos em iniciativas inovadoras, sustentáveis, com impacto social comprovado e potencial de influência em políticas públicas.

Respeitados esses critérios, é preciso ter mais de 18 anos e trabalhar com foco em diversas áreas, como agricultura, meio ambiente, cultura, desenvolvimento de negócios, educação e saúde, entre outras.

Em 2013, devido a uma mudança nas regras, não apenas um, mas três finalistas poderão ter acesso aos fóruns econômicos regionais e mundial, a serviços jurídicos internacionais e a bolsas de estudos em instituições como Harvard e Stanford, nos Estados Unidos, e Insead, na França (veja abaixo a listagem das várias premiações).

Empreendedor Social de Futuro

Para incentivar talentos emergentes e ideias recém-lançadas, o Prêmio Folha Empreendedor Social de Futuro foi criado em 2009 e é promovido exclusivamente pelo jornal. Sua finalidade é alavancar as iniciativas de jovens empreendedores na fase mais crítica de qualquer organização: o período de um a três anos.

As condições para se inscrever no Empreendedor Social de Futuro são: ter de 18 a 35 anos; desenvolver, há no mínimo um ano e no máximo três anos, propostas inovadoras como a criação de um produto, serviço ou aplicação de tecnologias sociais (veja abaixo a listagem das várias premiações), que precisem de visibilidade e capacitação para aumentar seu impacto social.

Menção Honrosa

Os finalistas das duas premiações terão como oportunidade extra em 2013 candidatar-se à categoria Menção Honrosa caso desenvolvam iniciativas ligadas à temática e aos objetivos globais de 2013, eleito o Ano Internacional de Cooperação pela Água pelas Nações Unidas. Finalistas dos prêmios de anos anteriores integrantes da Rede Folha de Empreendedores Socioambientais também poderão pleitear o reconhecimento.

O escolhido receberá do Instituto Humanitare capacitação, planejamento, treinamento e suporte na busca de recursos para potencializar seu projeto, incluindo uma visita à sede da organização, em Nova York (EUA), oportunidade em que terá acesso a informações para apoio técnico.

A Menção Honrosa tem parceria com o Instituto Humanitare (organização que aproxima mídia, academia, organizações empresariais e sociedade civil da Organização das Nações Unidas), o qual formará um comitê de seleção técnica para avaliar o projeto mais alinhado à proposta.

Fonte: www.captacao.org

 

Publicado em Notícias