Olhar Acadêmico – Plataforma de acesso a idosos e cadeirantes na UFS

Olhar Acadêmico – Plataforma de acesso a idosos e cadeirantes na UFS

 No Olhar Acadêmico anterior escrevi sobre a Biblioteca da Universidade Federal de Sergipe (Bicen) e esta semana já tive a informação de que ela será reformada, com o início da obra previsto para o período de férias, em fevereiro. A reforma é financiada pelo Programa de Apoio ao Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), com custo total de R$ 1.272.754,81.

Será construída uma plataforma elevatória para idosos e portadores de deficiência, a ampliação do Acervo Geral, um mezanino acima do Acervo e reform das as salas administrativas superiores e os banheiros. Segundo a diretora geral da biblioteca, Rosa Vieira, com o atual plano de expansão universitária e o constante crescimento do número de alunos, o espaço da biblioteca não consegue mais atender à demanda dos estudantes. “Essa reforma visa contribuir para a melhoria das condições das instalações e proporcionar à comunidade acadêmica um ambiente de estudos mais agradável”, diz Rosa.

Rosa Vieira reforça que nenhum serviço será suspenso durante a reforma. "Os livros do Acervo Geral serão transferidos para outras salas durante a construção nessa parte do prédio, a fim de não comprometer a pesquisa e o estudo dos usuários", garantiu.

A Divisão de Construção de Obras e Fiscalização (Dicof) da prefeitura do campus é responsável pela fiscalização da obra e a frente de trabalho será traçada junto com a diretoria da biblioteca. “A nossa principal preocupação é interferir o mínimo possível no funcionamento da Bicen, apesar do transtorno óbvio causado pelo barulho e movimentação constante dos operários", diz o engenheiro Marcus Barbosa.

Ambiente Braille

Além da reforma, os projetos para 2009 na biblioteca incluem a criação de novos espaços, como o ambiente Braille. “Já temos um funcionário treinado e uma máquina especial para deficientes visuais, que suprem a necessidade atual da universidade”, afirma Rosa. A sala de pesquisa on-line será redimensionada para comportar um número maior de computadores, já que o atual se tornou insuficiente.

A obra tem previsão de término para outubro deste ano, mas Marcus afirma que o prazo poderá se estender devido ao andamento dos serviços. “Como visamos causar o mínimo de transtorno e faremos uma coisa de cada vez, possivelmente haverá períodos curtos de pausa entre as várias reformas e construções que faremos no prédio. Isso talvez prolongue um pouco a finalização do serviço, mas não por muito tempo”, disse.

Por Elaine Mesoli
Estudante de jornalismo na UFS e voluntária na Ong ISocial

Publicado em Notícias