Pré-estréia de ´Coisa Mais Linda´ lota sala de cinema










Eliane Aquino (MCA) entre a produtora
Gláucia Camargos e o diretor Paulo Thiago.

Pré-estréia de ´Coisa Mais Linda´ lota sala de cinema

Cerca de 200 pessoas prestigiaram ontem, terça-feira, no Cinemark Jardins, a pré-estréia do filme ´Coisa Mais Linda´, do diretor Paulo Thiago, que estava entre os presentes. A renda dos ingressos foi revertida para a Missão Criança Aracaju.


O longa-metragem, um documentário sobre o período de origem da Bossa Nova, entre 1958 e 62, encantou e embalou os espectadores durante 129 minutos. Destes, 80 foram de apresentações musicais. Coisa Mais Linda teve como condutores da história os músicos Carlos Lyra e Roberto Menescal.










Prefeito também compareceu à sessão.
Na foto, ao lado do diretor.

A platéia foi bastante diversificada, com jornalistas, estudantes, produtores culturais, secretários municipais, profissionais do Terceiro Setor e outros ligados à área da Infância e da Adolescência, além da sociedade em geral. O prefeito Marcelo Déda também prestigiou a sessão.


Para o jornalista Rodrigo Rocha, o filme é uma aula de música. “Para quem não conhece muito sobre a história da Bossa Nova, ele é muito bom porque nos conta como tudo aconteceu e nos mostra que há muitas particularidades neste gênero musical”, afirmou.


O diretor Paulo Thiago ficou emocionado com os aplausos ao final da exibição. “A reação do público foi muito boa. O filme provocou uma coisa forte nas pessoas”, disse.


Segundo Eliane Aquino, presidente da MCA, o longa-metragem tem uma importância histórica. “O Coisa Mais Linda promove o resgate da nossa cultura, principalmente para as novas gerações, e fala sobre um tema como a Bossa Nova, que é um gênero que projetou a música do Brasil no cenário internacional”, ressaltou.


Além do papel do filme, a presidente destacou a participação social das pessoas que foram ontem à sessão. “Esta renda arrecadada será revertida para o Recriando Caminhos, mas o mais importante disso é a mobilização da sociedade, seja em benefício da Missão Criança Aracaju ou de qualquer outra entidade. Isso mostra que a sociedade começa a entender o seu papel”, afirmou.


PARCERIA – A parceria entre o diretor Paulo Thiago e a Missão Criança Aracaju iniciou-se, de fato, durante uma reunião na sede da MCA sobre a possibilidade dos adolescentes do Recriando Caminhos, projeto desenvolvido pela ONG sob financiamento da Petrobras, participarem como atores no novo longa do cineasta – Orquestra dos Meninos.


O filme será todo rodado em Sergipe e contará o trabalho musical do maestro pernambucano Mozart Vieira, realizado com crianças oriundas de comunidades de baixa renda no interior de Pernambuco.


 

Publicado em Notícias