Programa fomenta projetos colaborativos pela internet

Aprender-em-RedeAlunos das cinco regiões do país trocando trabalhos de forma colaborativa pela internet. Com o intuito de promover o intercâmbio de experiências culturais entre escolas públicas e privadas de todo o país, o Programa Aprender em Rede, do Instituto Crescer para a Cidadania, está com inscrições abertas para professores que desejam participar da sua terceira edição.

O programa busca incentivar práticas pedagógicas inovadoras com o uso das redes sociais. Em comunidades fechadas do Facebook, que são administradas pelo Instituto Crescer, os professores trocam trabalhos com escolas de outras regiões do país, trazendo a realidade local de cada uma delas para dentro da sua sala de aula. Um aluno de São Paulo que faz um trabalho falando sobre a sua cidade, por exemplo, recebe a pesquisa de outro colega do norte do país que apresenta diferentes estilos de vida na Amazônia.

O Aprender em Rede engloba professores de turmas do ensino fundamental ao médio, apresentando diferentes propostas temáticas para os projetos de cada etapa. No fundamental 1, eles deverão elaborar trabalhos sobre animais em extinção na sua região, criando campanhas de conscientização para a sua preservação. Os alunos no Fundamental 2 terão a tarefa de compartilhar fotos do local em que vivem e analisar o estilo de vida em diferentes ecossistemas. Para o ensino médio, o projeto irá incentivar que os alunos pesquisem sobre a bicicleta e proponham projetos de mobilidade para suas regiões.

Os projetos deverão ser realizados ao longo de dez semanas, que são orientadas conforme o cronograma de atividades do Aprender em Rede. Durante o programa, além da troca de trabalhos, também serão realizadas videoconferências entre as escolas, incentivando que os alunos explorem e comentem os materiais compartilhados. Ao final do projeto, eles fazem uma avaliação da experiência de terem participado desse intercâmbio cultural pela rede.

Para participar do Aprender em Rede, os professores devem se inscrever pelo site até o dia 3 de maio. É importante que eles tenham a autorização da escola e dos pais para que possam compartilhar os projetos dos seus alunos em grupos com outros educadores. O programa também oferecerá certificados de participação de 40 horas para os docentes que concluírem as atividades propostas. Informações: www.blogaprenderemrede.wordpress.com

Publicado em Notícias