Projeto ‘Adote um Manancial’ é finalista na 11ª edição do Prêmio Innovare

manancialO projeto ´Adote um Manancial´, executado em Sergipe, é finalista na 11ª edição do Prêmio Innovare, categoria ´Ministério Público´. A cerimônia de premiação acontece esta semana no Supremo Tribunal Federal, em Brasília. O projeto foi selecionado entre 367 inscritos de todo o Brasil e ficou entre as 18 melhores iniciativas. Em quatro anos de projeto, de 2008 a 2012, foram plantadas cerca de 30 mil mudas de essências florestais, incluindo pau-pombo, ingá, jenipapo, biriba, jatobá, pau-brasil, falso-ingá, aroeira entre outras.

O ´Adote um manancial´ foi idealizado e coordenado pelo Promotor de Justiça Antônio César Leite de Carvalho, da Curadoria de Defesa do Meio Ambiente e Urbanismo – Comarca de Lagarto, e desenvolvido pela Sociedade Semear, em parceria com a Universidade Federal de Sergipe (UFS), com recursos provenientes de Termo de Parceria firmado com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos de Sergipe. O Projeto foi executado nos municípios de Lagarto, Salgado, Boquim e Estância, com ações de recuperação florestal nas nascentes e mata ciliar do rio Piauitinga, bem como ações de educação ambiental, comunicação e mobilização comunitária no sentido da participação comunitária e preservação das áreas plantadas.

Além de ações de educação ambiental, comunicação e mobilização comunitária em escolas, houve a participação de instituições públicas, entidades de classe, com cerca de 1.500 pessoas. O projeto também contemplou ações de coleta de sementes, isolamento de áreas e plantio de mudas. Informações: www.premioinnovare.com.br.

Publicado em Notícias