Unicef realiza café da manhã com imprensa sergipana

Unicef realiza café da manhã com imprensa sergipana


De acordo com o relatório Situação da Infância Brasileira, lançado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) em dezembro de 2005, a falta de informação é uma das principais causas do sub-registro de nascimento.


Muitas famílias, por exemplo, ainda desconhecem que, por lei, o registro civil de nascimento deve ser confeccionado gratuitamente. A cada ano, o índice de sub-registro, que equivale ao conjunto de nascimentos ocorridos no ano de referência da pesquisa do registro civil e não registrados no próprio ano, ou até o fim do primeiro trimestre do ano subseqüente, tem sofrido uma redução.


Aqui em Sergipe a situação é grave. Segundo dados do Sistema de Informações de Nascidos Vivos (Sinasc), do Ministério da Saúde, e das Estatísticas do Registro Civil (IBGE), ambos referentes a 2002, o índice sobe para 26,3%. Pensando em promover novas formas de abordagem sobre o assunto e uma maior mobilização social, o Unicef promove hoje, a partir das 8 horas, um café da manhã com comunicadores sergipanos e especialistas da área para um debate sobre os desafios do acesso à certidão de nascimento.


A coletiva acontece na Sala do Conselho da OAB, localizada na Travessa Martinho Garcez, 71, Centro. Além da oficial de projetos do Unicef, Vilma Cabral, participam da coletiva a coordenadora geral do Juspopuli Escritório de Direitos Humanos, Vera Leonelli; a promotora e coordenadora do Núcleo de Apoio à Infância e a Adolescência, Conceição Figueiredo; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Secção SE, Henry Clay; e o juiz auxiliar da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe, Gilson Félix dos Santos.


O que: Café da manhã com Imprensa (Unicef)
Quando: Quinta-feira, dia 2 de fevereiro
Onde: Sala do Conselho da OAB (Trav. Martinho Garcez, 71, Centro)
Informações: (79) 3211-2213 / 3211-5015


 

Publicado em Notícias

Sugestões são sempre bem-vindas. Um abraço!