60 países assinam compromisso de atingir desmatamento zero em 2020

60 países assinam compromisso de atingir desmatamento zero em 2020

 Ministros de meio ambiente de 60 países, mais a União Européia, se comprometeram com a Rede WWF em atingir a meta de desmatamento zero em 2020. O ato aconteceu na quarta-feira, 28, durante a 9ª Conferência das Partes (COP9) da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB), que está sendo realizada em Bonn (Alemanha). O Brasil não participou da ação, já que o novo Ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, só deve participar da conferência a partir desta quinta-feira, dia 29.

"Os governos precisam agir já ou iremos perder ainda mais florestas vitais para manter a nossa qualidade de vida, pelo oferecimento de serviços ambientais básicos para a humanidade. A Rede WWF gostaria que a meta de desmatamento zero em 2020 fosse adotada pela própria Convenção aqui em Bonn", afirmou o diretor-geral do WWF Internacional, James Leape.

O ano de 2020 foi proposto de acordo com o programa de trabalho de biodiversidade florestal da CDB, e soma-se às metas propostas em Bali, em dezembro de 2007, na última conferência da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas. Apesar dos esforços, as taxas globais de desmatamento continuam alarmantes. Calcula-se que 13 milhões de hectares são desmatados anualmente, o que equivale a 36 campos de futebol por minuto. O desmatamento e a degradação florestal implicam na perda de serviços ambientais vitais para o fornecimento de alimentos, remédios, proteção de nascentes e regulagem climática.

"Nós temos que reverter a tendência de perda florestal, tanto pelo bem da natureza, quanto pelo bem do homem", afirmou o secretário-executivo da CDB, Ahmed Djoghlaf, que também assinou o comprometimento. "A iniciativa da Rede WWF é uma ótima notícia para a biodiversidade e um estímulo para as delegações reunidas em Bonn. Espero que a ação acelere a implementação dos objetivos da Convenção sobre Diversidade Biológica. Eu dou parabéns para a Rede WWF por essa contribuição única para a conservação da vida no planeta Terra", disse ele.

Confira os países que se comprometeram com a meta:

Afeganistão, África do Sul, Alemanha, Austrália, Áustria, Benin, Bósnia-Herzegovina, Burkina Faso, Cambódia, Chade, Colômbia, Costa Rica, Croácia, Ciprus, Dinamarca, Equador, Eslovênia, Finlândia, França, Gambia, Guatemala, Guiné Bissau, Holanda, Iêmen, Indonésia, Irã, Japão, Latvia, Lesoto, Libéria, Madagascar, Mauritânia, México, Namíbia, Nepal, Nova Zelândia, Nigéria, Omã, Paquistão, Panamá, Paraguai, Peru, Polônia, Quênia, Reino Unido, República Checa, Samoa, Senegal, Sérvia, Serra Leoa, St Vincent Grenadines, Suécia, Tajiquistão, Tanzânia, Timor Leste, Ucrânia, Uganda, Vietnã, Zâmbia, Zimbábue e União Européia.

Fonte: WWF Brasil

Publicado em Notícias