Acessibilidade nos cinemas

As pessoas com deficiência querem assegurar o direito de frequentar salas de cinema como qualquer outra pessoa. Segundo a Lei Brasileira de Inclusão 13.146, aprovada desde 2015, todo indivíduo com deficiência tem direito à cultura, esporte, turismo e lazer. E, de acordo com a Instrução Normativa 128, de 2016, as salas de cinema devem oferecer, em todas as sessões, recursos de acessibilidade para a pessoa com deficiência.

“Já existe uma Lei e tecnologia para isso, mas a Ancine [Agência Nacional do Cinema] quer barrar o nosso direito de ter acesso à essa forma de cultura com os recursos que precisamos: Libras (Língua Brasileira de Sinais), audiodescrição e legendas. Nós queremos ir ao cinema! Nos ajude nessa luta! Estamos em 2018 e essa Lei ainda não foi cumprida pelos órgãos competentes com a conivência da Ancine, que vem postergando esse direito. A instrução normativa segue sendo alterada ano após ano! Em 9 de outubro foi publicada a última alteração, adiando a obrigatoriedade dos conteúdos acessíveis de novembro de 2018 para junho de 2019. Com isso, mais de 16 milhões de pessoas cegas e surdas estão sendo prejudicadas e excluídas deste direito previsto em lei. Queremos então que a nova postergação da lei seja cancelada, e que os prazos sejam cumpridos. Precisamos fazer que essa obrigatoriedade entre em vigor, fazendo valer nosso direito!”, diz a postagem no abaixo-assinado em www.change.org.

Publicado em Notícias