Ambulatório de Triagem da Avosos

“Ao longo desses 33 anos, a gente percebe que o câncer de criança avança muito mais rápido, o que pode deixar muitas sequelas e algumas vão a óbito, porque chegam para o início do tratamento em estágio avançado. Se a gente identifica a doença no seu estágio inicial, a gente diminui bastante tudo isso. Diante de todos os desafios, com esse Termo Aditivo que assinamos recentemente com a Prefeitura, é um grande passo para combater o câncer infantojuvenil”, informa o presidente da Associação dos Voluntários a Serviço da Oncologia em Sergipe (Avosos), Wilson Melo.

A máxima é universal: o atendimento oncológico deve estar integrado a um centro de tratamento especializado, dentro do qual se deve dar atenção especial aos pacientes, sobretudo quando se trata de crianças e adolescentes, zelando, inclusive, por atuação humanizada. Assim pode ser sintetizada a parceria existente entre a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), e a Avosos, casa de apoio com foco infantojuvenil que neste mês completa 33 anos de fundação.

A relação entre a Prefeitura e a Avosos é de longa data, sendo intensificada no início de 2017, quando foi assinado um Termo de Cooperação Técnica, um meio de a gestão municipal contribuir com seu papel social, possibilitando auxílios diversos a Avosos que, em troca, também viabilizou cursos e palestras. Recentemente, essa parceria ficou ainda mais sólida. Isso porque, a partir deste mês de julho, pacientes pediátricos com suspeita de câncer estão sendo regulados via Núcleo de Controle, Avaliação e Regulação (Nucar/SMS) e encaminhados para atendimento no Ambulatório Pediátrico de Triagem da Avosos, possibilitando qualificar ainda mais o atendimento pediátrico oferecido pela Rede de Atenção Primária do Município. Informações: aracaju.se.gov.br.

Publicado em Notícias