Grupo JCPM eleva aporte no social em mais R$ 2 milhões

A rotina de todos foi modificada de forma avassaladora, e em meio à crise atual, cada um precisa fazer sua parte. O Grupo JCPM, que já tem um trabalho social há mais de 32 anos em Ribeirópolis, no agreste sergipano, por meio da Fundação Pedro Paes Mendonça, e atuação com jovens em quatro Estados (PE, BA, SE, CE), está elevando o aporte no social em mais R$ 2 milhões para medidas emergenciais, tais como compra de respiradores, máscaras, cestas básicas.

Além desse valor, anualmente, já são destinados R$ 12 milhões para o trabalho social permanente. Em Aracaju, os alunos do Instituto João Carlos Paes Mendonça (IJCPM) e os associados da Cooperativa dos Agentes Autônomos de Reciclagem de Aracaju (Care), que atuam nos shoppings Jardins e RioMar, receberam a doação de cestas básicas através de cartões de alimentação. Além disso, o Grupo firmou parceria com a Prefeitura Municipal para a vacinação de idosos contra gripe.

A ação aconteceu no RioMar Shopping, que além da estrutura do estacionamento cedeu a mão de obra para o apoio logístico da campanha. Durante dois dias, mais de 4,7 mil idosos foram vacinados através do sistema drive thru. Nos Estados em que atua, o Grupo JCPM também realizou a doação de 42 toneladas de alimentos (3 mil cestas básicas), compra e doação de respiradores para hospitais públicos dos Estados de Sergipe, Bahia, Ceará e Pernambuco; apoio na recuperação do antigo Hospital Alfa (Recife); doação de máscaras descartáveis e parcerias com entidades sociais. E um relevante apoio à Pesquisa focada na Covid-19 através do Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami (Lika) da Universidade Federal de Pernambuco.

Publicado em Notícias